Cartas de Missionarios

Rev. Daniel e Marcia Gomes (Japão) – 26/01/2017


Estamos ansiosos por mais este ano, que promete ser emocionante e muito ocupado. Para nós, é uma bênção ver como tudo e todos estão crescendo pela graça e misericórdia de nosso Senhor.

Ruth terminará o Chogako (middle school) em março, e em abril começa uma nova etapa, no Chugako (junior high school). Ela está pegando habilidades de linguagem rapidamente, enquanto prossegue estudando o Kanji e o japonês. Nós compartilhamos nossa grande alegria por nossa igreja também crescer com crianças da idade dela, para que ela possa ter comunhão em Cristo com elas.

Davi começa seu último ano em uma escola brasileira. Estamos orgulhosos de sua resistência e paciência, mostrando como ele tem amadurecido como um homem de Deus. Ele gosta de tocar seus instrumentos (cinco deles), e toca na igreja como parte da adoração. Oramos por orientação enquanto ele toma decisões neste ano muito importante de sua vida.

Márcia parou de trabalhar na escola, e, apesar do estresse financeiro, optamos por ela dedicar-se tempo integral no campo. Sua posição de professora ofereceu um bom desconto nas mensalidades escolares do Davi, bem como quase vinte por cento de nossa renda. Por favor, junte-se a nós em orações de gratidão, pois teremos mais tempo juntos, enquanto dependemos totalmente do nosso Senhor.

Eu passo meus dias na preparação de estudos, sermões e palestras. Ensinar Inglês, discipulado, aconselhamento e as atividades gerais da igreja assumem a maior parte do dia, aproximadamente seis horas. Estamos muito gratos porque, ainda que nossa agenda esteja ocupada, encontramos tempo para investir em nossa família, o que é a nossa primeira missão. Uma das coisas que estamos fazendo juntos é a nossa rotina de exercícios. Este ano, estamos felizes que Márcia e Ruth também se juntaram nas lições de jiu jitsu .

A Igreja se reuniu nas festas de final de ano na residência pastoral. Tanto o Natal como o Ano Novo foram comemorados com um jantar especial, e uma breve reflexão pastoral. Nessas ocasiões reunimos mais de cinquenta pessoas. Também trocamos presentes de Natal.

O trabalho continua todos os domingos, no edifício do CBI, em Nagoya, com nosso culto e escola dominical. Temos agora três cidadãos japoneses presentes nos serviços e sendo aconselhados e discipulados no estudo da Bíblia e nos nossos símbolos de fé. Por causa deles, incluímos pelo menos uma música em japonês durante o culto e publicamos a CWF em japonês no nosso boletim de domingo. Todo o serviço é simultaneamente traduzido para japonês.

O pessoal da CBI e as suas instalações foram realmente excelentes para nós, no entanto, na medida em que crescemos em número, sentimos a necessidade de ainda procurar a nossa localização própria, onde o nosso projeto pode crescer ainda mais.

Estamos muito agradecidos pelas orações e apoio de tantas pessoas que nem mesmo conhecemos. Se alguma vez você vier por estas bandas, certifique-se de passar por aqui e ser uma testemunha ocular do que o Senhor está fazendo em nós e através de nós.

Família Gomes

 

Comentários