Rev. Benilton e Nancy dos Santos - Albânia


Louvado seja Deus por tudo o que Ele tem realizado em nosso meio!

Como não nos alegrar com tantas bênçãos para contar? O final do ano  foi marcante e festivo para todos nós da Igreja Evangélica Presbiteriana “Porta Aberta” (em albanês, Kisha “Derë e Hapur”), em que nos regozijamos imensamente, ao batizar três pessoas – duas destas, fruto do trabalho evangelístico do nosso projeto, e a outra, filho de um missionário, que desejava muito ser batizado no campo. Também, tivemos a imensa alegria e privilégio (em especial Benilton, como pastor) de receber a nossa filha, Karin, como membro da Igreja, através da Confissão de Fé, pela qual expressou publicamente querer servir e seguir fielmente a Jesus. Ainda, tivemos o recebimento de 10 novos membros, oriundos de diferentes igrejas, sendo alguns missionários, que vinham há um bom tempo congregando conosco.

Testemunho: Meri é uma das pessoas que foi batizada e que temos a alegria de acompanhar no discipulado durante estes últimos anos. Realmente vemos a maturidade e força postas em Deus, ao enfrentar tantas lutas dentro da sua própria família por seguir a Jesus, uma vez que são tradicionalmente muçulmanos. Para que tenham ideia e possam sustentá-la em oração, seu ex-marido conseguiu impedir e proibir sua filha de frequentar a igreja por um bom tempo, ainda que esta estivesse em custódia da mãe. Sua filha sofreu muito, pois amava assistir as aulas da escola dominical. Hoje sua mãe a traz à igreja, porém, com medo que o seu pai a pressione novamente. Você pode conhecer mais sobre essa história aqui.

Projeto Albânia

Com a graça que Deus nos proporcionou, pudemos realizar o Projeto “Saúde Alegre para Albânia 2016” de maneira abençoada e vitoriosa! Através deste projeto, levamos o Evangelho de Cristo tanto com os atendimentos médicos e odontológicos, quanto através da abordagem pessoal, ministrando uma palavra de esperança e salvação para muitos albaneses moradores das cidades de Shkodër, Burrel, Tirana e Korçë.

Dessa forma, demos sequência ao atendimento das famílias vítimas do fenômeno da “Vingança de Sangue”, das crianças e adolescentes “com necessidades especiais”, das comunidades Ciganas minoritárias e discriminadas. Ainda neste ano, de forma toda especial, atendemos os vários missionários albaneses e estrangeiros que, em diferentes cidades, fazem a diferença proclamando as Boas-Novas do Evangelho.

Cremos ter cumprido o objetivo do Projeto: levar o amor de Deus de uma forma prática aos necessitados de auxílio material, mas, principalmente, espiritual. Em 2016, o Projeto foi iniciado no dia 07 de novembro, durando 10 (dez) dias de intensos trabalhos, atendendo 388 pessoas registradas (outras tantas não registradas somam mais de 400 atendimentos). Podemos afirmar que o Senhor esteve sempre presente, principalmente renovando as nossas forças dia após dia. Muitos são os testemunhos do que Deus realizou em este período, mas colocaremos alguns para não estender muito a carta.

Testemunho: Estamos muito agradecidos a Deus por ver a generosidade e a “visão de Reino” da Igreja “Água Viva” na cidade de Korçë, a qual cedeu muitas das consultas de seus membros, para pessoas não-cristãs, mesmo eles próprios tendo grande necessidade de atendimento, com o único objetivo de abençoar e oportunizar a evangelização de muitos.

MOTIVOS DE ORAÇÃO

Agradecimento:

  • Agradecemos a Deus e a todos os participantes do Projeto Saúde Alegre para Albânia 2016 (5 dentistas, 5 médicos(as), 1 enfermeira, 1 farmacêutica, 3 voluntários, 1 pastor e 6 missionários atuantes na Albânia, em diferentes denominações, servindo como tradutores, dentre outras atividades). No total, 21 brasileiros e 1 argentina, Nancy, trabalhando em prol do Reino de Deus. Uma vez mais, agradecemos à APMT (Agência Presbiteriana de Missões Transculturais) por permitir e apoiar o desenvolvimento do projeto e, claro, às igrejas, parceiros e pessoas que participaram de tantas maneiras para que este Projeto acontecesse.

Testemunho: Louvamos a Deus por permitir projetos como estes, que não somente trazem benefícios físicos para os albaneses, como também mudança espiritual. Como aconteceu com o Arif, que de certa forma é fruto deste Projeto, em 2013. Na ocasião, atendemos um senhor, o qual convidou Arif para as nossas reuniões dominicais. A respeito de Arif, já lhes comentamos em cartas anteriores, de como estamos felizes com sua chegada e crescimento após o evangelismo e discipulado que Benilton e Klodi realizaram com ele. Hoje, nos emocionamos de ver como Deus vem restaurando sua família: já existe uma aproximação de sua ex-esposa, Sultana (Tana), que tinha o abandonado devido a sua má conduta no passado. Atualmente, não somente eles estão consertando o relacionamento, mas também ela começou a visitar nossa Igreja e vem demonstrando muito interesse pelo Evangelho.

  • A obra do Senhor em sua Igreja: Estamos agradecidos a Deus e emocionados ao ver alguns dos adolescentes da igreja (filhos de missionários, como a própria Karin) participando do grupo de louvor. Oremos para que Deus os mantenha firmes neste desejo de servir-Lhe.
  • Finanças: Louvado seja Deus por sua constante fidelidade para conosco, mesmo em meio às crises que passamos em nossos países. Ele continua usando a quem quer para abençoar a sua obra. Podemos ver claramente isto, desde a provisão de um simples violão para nosso curso, até nos aspectos mais complicados e, às vezes, impossíveis aos nossos olhos, como a estrutura necessária para a magnitude do Projeto de Saúde.

 

Pedidos:

  • Nós: Por sabedoria, paciência, saúde e direção em todas as coisas.
  • Por nossa próxima viagem ao Brasil e à Argentina. Para que Deus supra todas as finanças necessárias e nos ajude em todos os preparativos.
  • Edifício da Fundação: Vivemos em um país inseguro, onde há mudanças inesperadas dos proprietários e das leis que mudam constantemente. De repente, podemos, sem aviso prévio, nos vermos obrigados a deixar o lugar alugado, mesmo tendo feito muitos investimentos. Por isso, oremos para que, no tempo certo, Deus proveja a possibilidade de comprar um lugar apropriado.
  •  Igreja: Continue orando por Meri, por sua filha e pela difícil situação familiar. Para que se mantenha firme na fé e que Deus lhe dê sabedoria para enfrentar cada situação. Também, por cada membro e novos amigos interessados que se aproximam. Por todos os trabalhos e atividades realizadas na igreja. Igrejas Albanesas: Pelas diferentes pessoas que, por falta de um verdadeiro compromisso com Cristo, estão abandonando as diferentes igrejas para trabalhar na produção de drogas (problema que aumenta cada vez mais na Albânia).
  •  

Com muito carinho, com um forte abraço e com muita vontade de ver-lhes pronto, nos despedimos.

 Zoti ju bekoftë! (Que o Senhor vos abençoe!)

Benilton, Nancy e Karin Dos Santos

Comentários